SÉRIE B: de forma heroica, Chapadinha estreia com vitória sobre o Timon, fora de casa

SÉRIE B: de forma heroica, Chapadinha estreia com vitória sobre o Timon, fora de casa

- em Chapadinha, Esporte, Geral
Comentários desativados em SÉRIE B: de forma heroica, Chapadinha estreia com vitória sobre o Timon, fora de casa

O Galo tinha apenas 12 jogadores disponíveis, atuou sem metade dos titulares e ainda teve um atacante expulso no início do segundo tempo, um pênalti não marcado e um gol anulado.

Por William Fernandes – segunda, 27 de setembro de 2018

Não poderia ter sido melhor a estreia do Chapadinha na Segunda Divisão Maranhense 2018. O Galo da Chapada venceu o Timon, fora de casa, por 3 a 1 e larga bem na competição que classifica apenas o campeão para a Primeira Divisão 2018. Jonas Piu Piu (2) e Kaká (pen) fizeram para o Chapadinha. Diego Batata descontou para o Timon.

Aguarde mais fotos nesta postagem

A vitória foi importante por ter sido fora de casa, mas se tornou ainda mais valiosa devido às circunstâncias. O Chapadinha viajou com 22 atletas, mas foi ao estádio com apenas 12 jogadores em condições de jogar, pois os demais não tiveram seus nomes divulgados no BID da CBF. Como se não bastasse tudo isso, o time ainda teve um de seus principais jogadores, o atacante Naôh, expulso no início do segundo tempo, segundo ele, de forma injusta.

Além de ter apenas um jogador no banco de reservas, o time entrou em campo com metade do time considerado titular. Mas, por uma daquelas ironias do futebol, o grande nome do jogo foi justamente um dos jogadores que começariam a partida no banco, caso todos tivessem sido inscritos: Jonas Piu Piu. Ele fez dois gols, sofreu um pênalti e ainda deu uma tremenda canseira nos zagueiros do Timon.

Apesar da formação improvisada, o Chapadinha foi melhor durante toda a partida e poderia ter saído de campo com um placar ainda mais elástico.

O Chapadinha reclama de um pênalti não marcado em Naôh, quando ele teria sido puxado na área no momento em que estava sozinho, cara a cara com o goleiro. O árbitro ainda deu o cartão amarelo, alegando simulação. No início do segundo tempo Naôh teve um gol anulado, segundo ele, de forma equivocada, por um suposto impedimento. Para completar, o árbitro deixar de marcar uma falta clara em Naôh e deu o segundo cartão amarelo para o atacante, após ele cometer uma falta, e o expulsou, quando o jogo ainda estava 1 a 1.

Mesmo com um a menos, o Chapadinha continuou em busca do segundo gol, explorando os contra-ataques com o veloz Piu Piu, que sofreu um pênalti, convertido por Kaká, e ainda fez o terceiro gol, entrando com bola e tudo, após uma falha da zaga do Timon, em um tiro de meta cobrado por Mateus, goleiro do Chapadinha.

O Timon ainda tentou chegar ao gol do Galo, mas esbarrou numa equipe bem postada na defesa e um goleiro seguro lá atrás.

A vitória foi muito comemorada por jogadores e comissão técnica que, diante das circunstâncias, considerava até um empate um bom resultado. O técnico Edmílson Santos a notícia, ao final da partida, de que os demais atletas já estavam liberados para os próximos jogos.

O Chapadinha volta a campo neste sábado, 29, às 15h45, em Anapurus, contra o Juventude, que goleou o Expressinho por 6 a 0. Já o Timon enfrenta o Boa Vontade, no Estádio Correão, em Bacabal.

Juventude, Chapadinha e Pinheiro (que ganhou do Sabiá por WO), lideram com três pontos cada. Lembrando que todos os times ganharão os três pontos das partidas que seriam realizadas contra o Sabiá (Caxias), que desistiu da competição e levou uma suspenção de dois anos.

Os seis times participantes da Série B Maranhense se enfrentam em turno único, com os quatro times de melhor campanha avançando às semifinais. O campeão da divisão de acesso garante presença na elite estadual em 2019 e uma vaga na disputa do seletivo que definirá, ainda este ano, o segundo representante do Maranhão na próxima edição do Campeonato Brasileiro Série D.

Chapadinha: Mateus Sousa, Mateus Rubens, Berto, Chico Bala e Mateus Moura; Rafael, Kléo (Alex Campos, aos 45’ do 2º tempo), Paulo Vítor e Kaká; Naôh e Jonas Piu Piu.

Técnico: Edmílson Santos

Arbitragem

Árbitro: Gilcivan de Melo Cardoso (Presidente Médice)

Auxiliares: Ivanildo Gonçalves da Silva (Bacabal) e Valderi Sousa Carvalho (Bacabal)

Comentários Facebook

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Homem é morto em confronto com a PM no povoado São João dos Pilões (Brejo)

Por Blog do William Fernandes – segunda, 3