Prefeito Alberto Rocha se reúne com professores e dá início ao processo de unificação de matrículas

Prefeito Alberto Rocha se reúne com professores e dá início ao processo de unificação de matrículas

- em Geral, Política, Região
0

O Ministério Público Estadual do Maranhão, por meio de um parecer emitido em 2016, recomenda a unificação de matriculas de servidores públicos. O parecer tem como objetivo, impedir que servidores públicos obtenham acúmulo de cargos nas esferas públicas federal, estadual e municipal.  De acordo com a Constituição, em seu (Art. 212) – é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, ressalvados os casos previstos na Carta Magna.
Em obediência às recomendações e adequações às normas do MPE – (MA), o Prefeito de Santa Quitéria do Maranhão, Alberto Rocha, esteve reunido na última quarta – feira (13) com uma comissão de professores com o objetivo de dar início às discussões com relação ao processo de unificação de matriculas dos servidores municipais da educação, visto que a área possui profissionais com  matriculas tanto a nível estadual quanto municipal.
Para os professores, as vantagens vão desde ampliar os rendimentos, poder se dedicar a uma atividade somente na rede municipal de ensino e até mesmo, exercer a função em outra esfera da estrutura pública, como prevê a Constituição Federal. A unificação de matrículas não representará despesas adicionais ao município e o servidor (a) ficará apenas com uma matricula de 40 horas e outro de 20 horas, respeitando salário e jornada de trabalho.
O Ministério Publico Estadual (MPE-MA) esclarece-se que não se trata de avaliar sobre a compatibilidade ou não da carga horária de trabalho do servidor na acumulação, mais sim, de respeito à vedação constitucional sobre a quantidade de cargos que um servidor público pode preencher. O Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Maranhão, lei nº. 6.107/94, também trata da acumulação remunerada de cargos públicos, em seu art. 212, in verbis:
Leia mais sobre o Decreto nº 31.538, de 11 de março de 2016:  http://www.stc.ma.gov.br/legisla-documento/?id=4159
Segundo o Prefeito Alberto Rocha a unificação trará todos os benefícios previstos no texto da lei. O Gestor destacou que um planejamento pedagógico adequado trará mais tranquilidade ao professor, que pode facilitar o conhecimento ao aluno de forma mais correta. Na concepção do Prefeito de Santa Quitéria do Maranhão, quando o educador trabalha em uma única escola há uma melhoria no rendimento do processo ensino-aprendizagem.
Um Projeto de Lei  regulamentando  o processo de unificação de matriculas dos servidores públicos municipais de santa Quitéria do maranhão  está sob análise da Procuradoria do Município, que o encaminhará ao  Legislativo Municipal. posteriormente, os servidores serão convocados via notificação.  A medida coloca o município na vanguarda  das unificações de matriculas de servidores públicos municipais no Estado.
A prefeitura  informou que, nos casos em que a acumulação irregular for sendo comprovada, os servidores serão orientados a optar entre os cargos que acumulam, seguindo as regras previstas na Constituição.
Fonte: Ascom/Secretaria de Administração/ Educação/ Prefeitura de Santa Quitéria do Maranhão ” Hora de Reconstruir”
Por: Francisco Araújo

Comentários Facebook

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Criança é impedida de se matricular em escola por ter cabelos crespos

Segundo denúncia dos pais, ato, considerado racista, partiu