Padrasto é preso por estuprar, engravidar e transmitir HIV para enteada de 14 anos

Padrasto é preso por estuprar, engravidar e transmitir HIV para enteada de 14 anos

- em Estado, Geral, Política
0

Agentes da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) realizaram a prisão de um homem de 43 anos, suspeito de estuprar a enteada de 14 anos, no Bairro Alvorada em Cuiabá. O homem é soropositivo e acabou engravidando e contaminando a adolescente, que era abusada desde os 12 anos e está no sétimo mês de gestação. Com informações do G1.

RepórterMT
RepórterMT 

No dia 14 de dezembro, a mãe da adolescente procurou a delegacia, depois de desconfiar da gravidez da filha. A princípio, achava que a gravidez da menina era de um adolescente do bairro e levou a garota para fazer exames na policlínica, onde foi constatado uma alteração nos resultados.Em um dos exames realizados mostrou que a adolescente era portadora do vírus HIV. E assim ela acabou por confessar que era abusada pelo padrasto desde os 12 anos e o filho que esperava era dele.Nem a mãe e a adolescente não sabiam, que o suspeito era portador do vírus HIV, o qual acabou confessando que era soropositivo e que tinha parado com o tratamento.Há mais de 1 ano ele vinha mantendo relação sexual com a filha da companheira. A garota contou que foi estuprada pela primeira vez em maio de 2017. A adolescente revelou que desde que os abusos iniciaram o suspeito não usava preservativo.De acordo com a polícia, a vítima tem duas irmãs, de 11 e 12 anos, que serão submetidas a exame de corpo delito para verificar se foram abusadas sexualmente.

Comentários Facebook

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Criança é impedida de se matricular em escola por ter cabelos crespos

Segundo denúncia dos pais, ato, considerado racista, partiu