Homem é preso em flagrante ao estuprar criança de 4 anos em Barra do Corda

Homem é preso em flagrante ao estuprar criança de 4 anos em Barra do Corda

- em Estado, Geral, Polícia
0

Blog do William – segunda, 18 de fevereiro de 2019

O homem identificado como Sebastião Alves de Sousa, de 32 anos, foi preso em flagrante, neste domingo (17), no momento em que estuprava uma criança, de 4 anos, na Vila Alvorada, em Barra do Corda, a 444 km de São Luís.

Segundo informações, ele foi preso em flagrante pelos moradores que, de imediato, acionaram a polícia militar.

Uma guarnição do 5° BPM foi ao local e conduziu o criminoso à delegacia para autuação por estupro de vulnerável.

A criança foi conduzida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pois estava com sangramento da região genital, o que comprova que o estupro foi consumado.

O crime de estupro de vulnerável está previsto no artigo 217-A do Código Pena, com pena de 8 a 15 anos de reclusão.

Em tempo: Segundo o artigo 301 do Código do Processo Penal (CPP), qualquer cidadão tem o poder de anunciar a prisão de uma pessoa que cometa flagrante delito. Não é necessária a presença da autoridade no momento do flagrante, basta o simples anúncio.

Comentários Facebook

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Criança é impedida de se matricular em escola por ter cabelos crespos

Segundo denúncia dos pais, ato, considerado racista, partiu