Após descumprir determinações para prisão domiciliar, ex-prefeita Tina Monteles tem benefícios revogados e recebe condições mais severas para cumprir sua pena

Após descumprir determinações para prisão domiciliar, ex-prefeita Tina Monteles tem benefícios revogados e recebe condições mais severas para cumprir sua pena

- em Geral, Polícia, Região
Comentários desativados em Após descumprir determinações para prisão domiciliar, ex-prefeita Tina Monteles tem benefícios revogados e recebe condições mais severas para cumprir sua pena

A ex-prefeita Tina Monteles foi condenada pelo Tribunal de Justiça do Maranhão a uma pena de 5 anos e 10 meses, em regime semi-aberto, por irregularidades processos licitatórios quando era gestora do município de Anapurus em 2004.

Em outubro de 2017, Tina Monteles teve a pena de prisão em uma cadeia substituída por prisão domiciliar, e nessa decisão a juíza Maria da Conceição Privado Rêgo concedeu vários privilégios e mordomias para a ex-prefeita. Tina só deveria se recolher em casa a partir das 23h, exceto nos dias de sábado, quando poderia ficar fora de casa a noite toda. Além disso, Tina poderia transitar livremente entre Anapurus, Mata Roma, Chapadinha e São Luís. Até a multa de pouco mais de 19 mil reais, a juíza parcelou em 70 parcelas.

Com uma prisão dessas, pessoas mal intencionadas podem até acreditar que o crime compensa.

Pois é, mesmo com todos esses benefícios, que faziam com que parecesse que Tina Monteles nem fosse uma condenada da Justiça, a ex-prefeita teimava em descumprir as condições impostas.

Por várias vezes, Tina foi flagrada frequentando festas em outras cidades e em horário não permitido. Em plena campanha política de 2018, Tina promovia reuniões e comícios em sua casa e em bairros de Anapurus, mesmo estando com os direitos políticos suspensos, conforme determina a Constituição Federal.

Mas uma hora a casa cai. Após várias denúncias, a Promotora de Justiça informou o Juiz de execução penal a situação, solicitando que Tina fosse intimada para prestar esclarecimentos sobre o descumprimento da prisão.

Na audiência, realizada no dia 21 de novembro, Tina negou que tenha descumprindo sua prisão domiciliar, mas não adiantou.

O Juiz retirou vários benefícios concedidos à Tina e determinou condições muito mais rigorosas para sua prisão.

Agora Tina deve se recolher em casa a partir das 19h (antes era às 23h); agora Tina pode transitar somente em Anapurus das 8h às 19h, e não pode se ausentar de Anapurus sem autorização judicial (antes podia transitar livremente entre São Luís, Anapurus, Chapadinha e Mata Roma); agora Tina não tem mais o sábado livre, deve estar em casa às 19h, inclusive em domingos e feriados; agora Tina não pode frequentar locais públicos, nem participar ou realizar festar, ainda que em casa, em qualquer época do ano; não pode participar de eventos políticos; e deve comparecer ao fórum a cada 2 meses para justificar suas atividades.

Além disso, disse devia comprovar em até 48 horas o pagamento da multa a que foi condenada.

Mas não é só. Na decisão o juiz já deixou claro que em caso de novo descumprimento das condições impostas, Tina deverá ir para o REGIME FECHADO, com a imediata expedição de mandado de prisão.

Estaremos de olho!

Comentários Facebook

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Homem é morto em confronto com a PM no povoado São João dos Pilões (Brejo)

Por Blog do William Fernandes – segunda, 3